domingo, 22 de maio de 2011

Redução de Custos - 12 Dicas Economizar Combustível

Mesmo com o preço do combustível querendo baixar, nunca foi tão caro abastecer um veículo, seja a gasolina ou Álcool, em qualquer ponto do mundo. Atualmente, poupar em combustível é sinónimo de poupar dinheiro. Para empresas cujo negócio depende da gestão de frotas, economizar no consumo de combustível torna-se essencial para que se gere lucro e não prejuízo. Apresentamos, assim, doze dicas fáceis de aplicação, que os gestores de frota devem ter em conta, de modo a reduzir a fatura de combustível da empresa.
1. Comparar preços. O preço do combustível hoje poderá não ser o mesmo amanhã, e talvez o posto de abastecimento mais perto da sede da empresa ofereça preços mais em conta que os postos da auto-estrada. Assim, os gestores de frota devem analisar as várias ofertas disponíveis, procurando fazer sempre uma escolha económica. 
2. Atestar o depósito. Os gestores de frota devem aconselhar os seus colaboradores a atestar sempre o depósito quando as viaturas precisarem de combustível. Abastecer pouco de cada vez pode parecer mais económico, mas é apenas uma ilusão. As deslocações extras ao posto geram mais gastos, que não compensam. Do mesmo modo, deve-se parar de abastecer assim que o tanque estiver cheio – não vale a pena tentar colocar mais umas gotas, pois vão acabar por sair por fora, e foram pagas. No final de cada abastecimento, é necessário verificar se a tampa do depósito está firmemente enroscada e nunca danificada – se não estiver, o combustível evaporará mais facilmente.
3. Abastecer nos períodos mais frescos do dia. A melhor altura para abastecer um veículo é de manhã cedo ou à noite, nos períodos de temperatura mais baixa. O combustível está mais denso nesses períodos, e como é pago ao litro, é possível assim comprar mais por menos.
4. Conduzir devagar. A condução a altas velocidades promove o consumo de combustível, pelo que os gestores de frota devem aconselhar os seus motoristas a moderar a velocidade. A melhoria da sua postura ao volante permitirá ainda garantir a segurança da carga e evitar sinistros, pelo que é uma medida essencial a aplicar. Uma condução estável, sem travagens repentinas ou acelerações bruscas, também contribui para uma poupança em termos de combustível. Da mesma forma, ao acelerar tente mudar de mudança o mais cedo possível, já que as mudanças mais elevadas são mais económicas.

5. Otimizar as rotas. Há sempre mais do que uma maneira de chegar ao mesmo endereço. Os sites GoogleMaps permitem conhecer vários percursos e estimar o tempo de condução. Cabe ao gestor de frota escolher o percurso mais económico para o serviço a desenvolver. No entanto, é importante evitar estradas não asfaltadas e/ou de difícil acesso – estradas em terra ou de cascalho podem aumentar o consumo de combustível até 30 por cento.
6. Gestor de serviços. Existem equipamentos, semelhantes a um telemóvel, que permitem o envio de ordens de serviço sob a forma de mensagens, evitando assim que o motorista se desloque à sede para ter conhecimento do trabalho a desenvolver. Estes equipamentos permitem também o envio de mensagens da viatura, de forma a que o motorista possa informar o gestor de frota do desempenho do seu trabalho.

7. Manutenção em dia. Uma viatura em bom estado tem melhor performance e consumos estáveis. Assim, é importante verificar periodicamente a pressão dos pneus, o óleo, os filtros do ar, o alinhamento da direção, e o motor. Os pneus com pressão inferior à recomendada levam a um aumento do consumo de combustível que pode ir até 4%.

8. Ar condicionado. O uso do ar condicionado aumenta significativamente o consumo de combustível. Assim, é aconselhável um uso criterioso do mesmo.  Embora, os últimos sistemas sejam cada vez mais eficientes, a verdade é que o ar condicionado poderá consumir até 1,5 litros por cada 100 quilómetros. Desta forma, faça um uso moderado deste serviço.

9. Desligar sempre que possível. Compensa sempre desligar o veículo nas filas de trânsito, numa passagem de nível, no momento da descarga de mercadoria ou até num semáforo demorado.
10. Sombra vs Sol. Estacionar a viatura ao sol favorece a evaporação do combustível. Assim, é preferível optar por locais à sombra. Se não for possível estacionar à sombra, o depósito de combustível deve ficar em posição contrária à direção do sol.
11. Janelas fechadas. Se fizer uma viagem de carro longo percurso (e com elevada velocidade) com as janelas abertas e carga no tejadilho isso contribui para o aumento da resistência do seu veículo contra o vento. Um facto que, segundo a comissão europeia, poderá conduzir a um aumento do consumo de combustível em cerca de 10%.
12. Sistema de Gestão de Frotas e Localização GPS. A aplicação de um sistema de gestão de frotas e localização GPS permite recolher relatórios sobre o consumo de combustível, o que é especialmente útil para empresas. A partir dos dados recolhidos pelo sistema de gestão de frotas, a empresa poderá detectar os problemas que motivam o consumo exagerado de combustível, e proceder à sua erradicação.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...