quarta-feira, 20 de março de 2013

Redução de Custos - Custo na Industria


Visualize exatamente os gastos envolvidos na fabricação dos produtos e tome decisões importantes para sua empresa. 




Custos Diretos
São gastos diretamente relacionados aos produtos e podem ser mensurados de maneira clara e objetiva, ou seja, referem-se às quantidades de materiais e serviços utilizados na produção de um determinado produto. Exemplos de custos diretos comuns na indústria: matérias-primas, materiais de acabamento, componentes e embalagens. Em alguns casos, a mão-de-obra aplicada na produção poderá ser considerada um custo direto. Para que isso ocorra, torna-se necessária a mensuração do tempo utilizado na fabricação do produto. 
Dicas para Reduzir Custos Diretos
 •Ganhos de produtividade na aplicação da matéria-prima nos produtos elaborados, evitando desperdícios.
 •Ganhos de produtividade na aplicação da mão-de-obra, qualificando seus funcionários através de treinamentos específicos.
 •Manter o estoque de matéria-prima adequado ao volume de produção, levando em conta o volume de vendas, evitando-se o excesso de produtos estocados.
 •Desenvolvimento de novos fornecedores de matérias-primas, com objetivo de obter melhores ganhos em termos de preços e prazos para pagamento. 
Custos Indiretos
São gastos não diretamente relacionados aos produtos, portanto, não são mensuráveis de maneira clara e objetiva. Neste caso, torna-se necessário adotar um critério de rateio (distribuição) para alocar tais custos aos produtos fabricados, como por exemplo: aluguel, manutenção e supervisão da fábrica etc. 
Dicas para Reduzir Custos Indiretos
 •Atualização tecnológica dos equipamentos industriais visando uma maior produtividade.
 •Outro gasto que tem um valor significativo é a folha de pagamento dos funcionários. Antes de fazer qualquer demissão de funcionário, é importante analisar qual será o impacto no processo operacional. Normalmente, demissões de funcionários provocam queda na moral da equipe, reduzindo de certa forma, o grau de comprometimento com as metas empresariais. Portanto, bastante cautela nas decisões sobre esse item.
 •Verificar se os gastos relativos ao pró-labore dos sócios estão compatíveis com a estrutura da empresa. Com relação a este tipo de gasto, recomendasse que o mesmo seja um valor fixo e que tenha uma data certa para que o pagamento seja efetuado.
 •Evitar o uso excessivo de horas-extras.
 •Manter o consumo de energia elétrica sobre controle.
 
Sugestão de Leitura:

Gerenciamento de Custos em Indústrias Avançadas
Este livro representa o primeiro reconhecimento formal de que os sistemas de apropriação de custos existentes são inadequados para as necessidades de hoje da indústria. Merece, assim, a atenção de todos os controles de empresas, gerentes de contabilidade e peritos contadores.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...