sexta-feira, 13 de maio de 2011

Redução de Custos - Expedição


Em “tempos de crise”, reduzir custos pode fazer a diferença entre a continuidade de um negócio ou a manutenção de um cliente, e bem gerenciar os custos de expedição pode trazer bons resultados.



Existem basicamente dois tipos de embarque: aqueles “com horários e datas programados” e os “críticos”. Identificar a diferença entre eles  e entender a cadeia de suprimentos dos seus clientes e fornecedores, pode contribuir para melhores tomadas de decisões referentes aos processos de embarque e expedição.
Como sempre, não existe uma “receita de bolo”, mas seguem algumas dicas para reflexão e avaliação:

Contrate as pessoas certas!  Contratar pessoal com “a cabeça voltada para a Logística”, preferencialmente com alguma experiência, deve assegurar a capacidade de bem distinguir entre o “urgente” e o “importante”, definindo adequadamente os meios de carga e transporte a serem utilizados. Sua equipe deve estar qualificada para identificar os meios adequados, o nível de criticidade e buscar os menores custos;

Faça uso da tecnologia! Identificar e implantar a tecnologia “mais adequada” para gerenciar seus embarques e “lincar” seus clientes dentro dessa plataforma tecnológica permite maior visibilidade e práticas comuns de processo.  A plataforma tecnológica utilizada deve ser de fácil visualização por parte de seus clientes (principalmente), conduzindo a um “pipeline” comum dentro dos processos de SCM;

Garanta a visibilidade! O seu cliente tem visibilidade de todas as etapas do processo de embarque e entrega? O sucesso de um processo de expedição e entrega depende da adequada conexão entre os sistemas do embarcador, fornecedor e transportadores. Seja através da “web” ou alguma plataforma “comum”, o cliente deve ter a disponibilidade de informação de cada passo do processo;

Esteja preparado “100% do tempo”! Problemas de expedição são, muitas vezes, “imprevisíveis”.  Para garantir visibilidade e atendimento, tenha especialistas com “poder de decisão” 24 horas por dia/ 7 dias por semana / 365 dias por ano, capazes de avaliar e resolver qualquer problema potencial que possa surgir, a qualquer momento (“Sorry, but shit happens!);

Conheça os processos de seus clientes!  Nem todos os embarques são críticos! Conhecer as necessidades de seus clientes pode ajudar a identificar soluções mais “flexíveis”. Com um pouco mais de tempo para entrega, pode-se economizar muito; Use somente as melhores empresas de transporte! Custos mais baixos raramente traduzem os melhores “valores”! Use um “mix” entre qualidade de serviços e custos para escolher seus fornecedores de frete e tenha sistemas de avaliações periódicas do nível de atendimento destas;

Seja criativo! Revise periodicamente todas as informações de embarque e busque identificar eventuais “tendências negativas”. Mantenha-se atento e busque desenvolver soluções antes mesmo que seus clientes percebam. Esteja sempre pronto para sugerir melhorias na cadeia de abastecimento.

Mantenha margens de segurança sobre os prazos de entrega: Essa é uma dica óbvia, mas nunca deve ser esquecida! Entregue no prazo acordado, sempre! Quando isso não for possível, garanta todas as informações com o máximo de antecedência ao seu cliente e tenha preparadas soluções alternativas. Não existe nenhuma garantia de que falhas não ocorram. A principal missão dos “players” do processo é reduzir ao máximo o potencial de ocorrência e, eventualmente, a gravidade de seus efeitos, para benefício de todos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...