domingo, 5 de junho de 2011

Redução de Custos - 3 Rs, Reduzir - Reutilizar - Reciclar


A Política dos 3R envolve a consciência de reduzir, reutilizar e reciclar o lixo, necessariamente nessa ordem. Isto porque, reutilizar e principalmente reciclar envolve gastos com energia elétrica, matérias-primas adicionais e geração de resíduos do co-processamento desse lixo. Abaixo, segue uma descrição detalhada de cada item componente dessa política.

Reduzir

 
É o primeiro passo da política e o mais importante. Primeiro temos que tentar diminuir a produção de resíduos (lixo). 

Isso pode ser realizado de diversas formas:






•Quando for comprar algo, pense se realmente precisa desse bem. Pense qual vai ser uso e por quanto tempo. Essa reflexão será bastante útil para as suas finanças e o meio ambiente agradece;

Quando for ao mercado, feiras e mesmo lojas de roupas, leve sua própria sacola. Assim, você evitará acumular diversas sacolas em casa que acabarão sem dúvida no lixo;

Quando for comprar um produto, prefira embalagens que vem com os produtos agrupados a embalagens individuais. Assim, menos embalagem vai para o lixo;

Escolha produtos que venham em embalagens recicladas ou produtos que venham com menos embalagem;

Utilize pilhas e baterias recarregáveis. E quando estas perderem sua capacidade de recarga, dê o destino correto às mesmas. Por exemplo, baterias de celulares devem ser devolvidas ao fabricante. Caso tenha dúvidas na devolução, entre no site do fabricante e solicite informações;

Evite o uso de produtos descartáveis, como copos e pratos de polietileno descartáveis. Na Labortechnic, cada colaborador possui sua caneca de cerâmica ou plástico durável. Dessa forma, não utilizamos copos descartáveis. Implante esse sistema em sua empresa ou residência. Caso as pessoas ao seu redor não se conscientizem, faça a sua parte e tenha sua caneca para água e/ ou café no escritório;

No mercado, atenção para compras excessivas de alimentos, principalmente frutas e verduras, que possuem pouco tempo para consumo. O que você não consome, acaba indo para o lixo. Isso é muito importante ser salientado, pois no Brasil, 1/3 de todo alimento comprado vai para a lata de lixo;

Quando estiver usando o computador, imprima somente quando for estritamente necessário. E quando tiver de imprimir algo, utilize a frente e o verso da folha.

Reutilizar


Corresponde ao segundo “R” dessa política. Muito importante de ser empregado após a reflexão do primeiro “R”. Reutilizar é dar um novo uso a um dado material sem mudanças significativas nas suas características de modo que se diminua a quantidade de resíduos no lixo. Isso pode ser realizado de diversas formas:






Quando um produto ou material não possuir mais o uso para que foi projetado, verifique outro uso para o mesmo.

Quando uma roupa, móvel, eletrodoméstico ou outro bem não tiver mais uso para você, verifique se não pode ser doado para outra pessoa. Existem muitas instituições assistencialistas que recebem doações desses bens. Ligue para a instituição em questão que eles mesmos vêm retirar a doação.

Quando for descartar folhas de papel no lixo, verifique se o verso não pode ser utilizado como rascunho.

Caso tenha crianças em casa, estimule sua criatividade. Faça com que as crianças convertam embalagens de plástico ou de metal em instrumentos musicais, brinquedos, máscaras, jogos, etc..

Reciclar
A reciclagem, não menos importante que os dois outros “Rs”, é muito importante para o destino correto dos resíduos gerados. Mas como dito anteriormente, deve ser a última escolha, pois, é a forma que consome mais energia elétrica e outras matérias-primas além de gerar resíduos de co-processamento.  A reciclagem permite transformar um objeto em outro totalmente diferente de modo a ser reintroduzidos no ciclo econômico como matérias-primas secundárias, poupando nesse processo muitos recursos naturais, matérias-primas, custos de produção e ainda evitando a poluição.

Veja abaixo as vantagens ambientais e econômicas da reciclagem:

Economia de energia: Fabricar materiais a partir de resíduos consome menos energia do que fabricá-los a partir de matérias-primas virgens. Muitos dos recursos energéticos que se poupam são fontes de energia não renováveis, como é o caso do petróleo.

Economia de matérias-primas: Ao utilizarmos os resíduos, provenientes da coleta seletiva, como matérias-primas secundárias, poupamos o uso de matérias-primas virgens. Alguns destes recursos naturais têm grande valor, como são os casos da madeira, da areia, do petróleo, do estanho ou do alumínio.

Redução da quantidade de resíduos nos aterros sanitários: Quanto menos resíduos forem destinados a um aterro sanitário, mais anos de vida útil este terá e menor será a quantidade de emissões de CO2.



Economia realizada com a Reciclagem:

•A produção de uma tonelada de papel novo consome de 50 a 60 eucaliptos, 100 mil litros de água e 5 mil KW/h de energia. Já uma tonelada de papel reciclado consome 1.200 Kg de papel velho, 2 mil litros de água e de 1.000 a 2.500 KW/h de energia;

•A reciclagem de uma tonelada de jornais evita a emissão de 2,5 toneladas de dióxido de carbono na atmosfera;

•O papel jornal produzido a partir de aparas requer 25% a 60% menos energia elétrica do que a necessária para obter papel da polpa da madeira;

•A reciclagem de 1 tonelada de aço economiza 1.140 Kg de minério de ferro, 155 Kg de carvão e 18 Kg de cal;

•Na reciclagem de 1 tonelada de alumínio economiza-se 95% de energia (são 17.600 kwh para fabricar alumínio a partir de matéria-prima virgem, contra 750 kwh a partir de alumínio reciclado) e 5 toneladas de bauxita, além de evitar a poluição causada pelo processo convencional, reduzindo 85% da poluição do ar e 76% do consumo de água;

•Uma tonelada de latinhas de alumínio, quando recicladas, economiza 200 metros cúbicos de aterros sanitários. Essa quantidade de latinhas daria para encher o porta-malas de 702 Volkswagen Gol;

•1 kg de vidro reciclado produz 1 kg de vidro novo;

•O vidro, em seu processo de reciclagem, requer menos temperatura para ser fundido, economizando aproximadamente 70% de energia e permitindo maior durabilidade dos fornos;

•Uma tonelada de vidro reciclado evita a extração de 1,3 tonelada de areia, economiza 22% no consumo de barrilha e 50% no consumo de água;

•A reciclagem do plástico economiza até 90% de energia;

•100 toneladas de plástico reciclado evitam a extração de 1 tonelada de petróleo.
 
Fonte:
WWF Brasil
 Recicle - The 3 r's - Jack Johnson
 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...