sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Redução de Custos - Comerciais e Fiscais


Nos últimos anos temos ouvido a palavra crise para o tédio e desesperança. Bem, esta crise é sinônimo de economia para muitas empresas, no entanto, a realidade é que uma empresa deve sempre reduzir as despesas que são desnecessários, mesmo nos bons tempos e prosperidade.
 
Estamos no final do ano por isso é um bom momento para refletir sobre como eles podem reduzir as despesas em uma empresa e, assim, lidar de forma mais optimismo em 2012. Por um lado, é essencial para criar a consciência em nível coletivo de poupança dentro da empresa. De modo que até motiva os funcionários a partilhar as suas ideias próprias para a poupança. Por outro lado, deve ter um orçamento claro despesas mensais.

E, antes de fazer uma compra ou um investimento de qualquer tipo é essencial que você faça as seguintes perguntas: É realmente necessário fazer isso ou você pode adiar por um tempo? Assim, se uma despesa é melhor que ser adiada porque isso implica que é urgente e crucial neste momento da vida da empresa.

Além disso, é também essencial acompanhar todos os gastos feitos em uma empresa, portanto, nada como ter uma contabilidade perfeita. Ocasionalmente, algum fator medo produz poupança para alguns empregadores, no entanto, a economia está ligada à prudência, para pensar no futuro e, especialmente, o bem-estar da empresa. Portanto, é uma maneira de agir com um sentido real da situação atual. O orçamento de despesas deve ser feita a cada mês para torná-la mais organizada. Todas as despesas devem ser justificadas, ou seja, deve ter uma razão específica e determinada.

Empresas podem reduzir gastos se cumprirem com suas obrigações fiscais de maneira eficaz
São inúmeras as obrigações fiscais exigidas pelo Fisco, o descumprimento dessas obrigações, ou o seu cumprimento incorreto, pode gerar uma série de penalidades às empresas, que se veem, cada vez mais, obrigadas a dar uma atenção especial ao seu Setor Fiscal, a fim de que o montante dos tributos recolhidos (carga tributária) não fique ainda maior.

O Setor Fiscal das empresas é responsável pela verificação dos créditos nas aquisições de mercadorias e serviços para compensar com montante do imposto devido nas operações ou prestações realizadas, pelo preenchimento e escrituração dos documentos e livros fiscais, e pela elaboração e entrega das declarações.

Um departamento fiscal bem treinado é o principal investimento para evitar autuações e garantir a competitividade da empresa no mercado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...